This Page

has been moved to new address

Viva a Imbecilidade Coletiva

Sorry for inconvenience...

Redirection provided by Blogger to WordPress Migration Service
Giba Net: Viva a Imbecilidade Coletiva

sábado, 10 de outubro de 2009

Viva a Imbecilidade Coletiva

Uma pequena parte de seres pensantes se divide em ambientalistas, pesquisadores, humanistas, ecologistas e formadores de opinião. Parte deste seleto grupo se empenha em alertar para o perigo da destruição que estamos causando ao planeta onde vivemos. Tais perigos são a poluição, as queimadas, a derrubada das matas, a industrialização dos alimentos, o extermínio de espécies animais e vegetais, as guerras, e o que mais preocupa, a falta de compromisso das autoridades e da população.

O ser humano está a beira da destruição total do planeta e ainda não é capaz de aprender a usar de maneira racional um simples cesto de lixo. Em pleno século 21 ainda encontramos aqueles que nem sequer sabem que toda ação tem uma reação equivalente, principalmente quando esta ação é coletiva, como por exemplo, milhões de paulistanos jogando lixo nas ruas, ação que causa entupimento de bueiros, excesso de lixo nos rios, atração de ratos e baratas, ploriferação de doenças, custo adicional às tarifas públicas, já que o governo tem que gastar mais para manter a cidade menos suja, entre outras coisas.

Ainda existem os imbecis que lançam para fora das janelas dos carros papeis, latas de refrigerante ou cerveja, comprometendo também a segurança, já pensou se um motoqueiro andando a 60 Km/h é atingido por uma latinha?

O aquecimento global, já é uma realidade e mesmo assim tem aqueles que dizem querer cortar árvores porque elas sujam a calçada, outros porque não gostam de passarinhos e as árvores os atraem, tem aqueles que ainda utilizam do sistema de queimadas para limpar o terreno para outro plantio, tem os que constroem suas casas e não plantam sequer um pé de salsinha.

Os rios estão mais que comprometidos, com resíduos industriais, lixo domestico, esgoto sem tratamento e muitas garrafas pet que são descartadas indiscriminadamente.

Grande parte das doenças que nos comprometem estão diretamente relacionadas com a poluição do ar, mesmo assim, pouquissimas pessoas se preocupam em conhecer suas causas e como estão contribuindo para agravar a situação.

Se eu for inumerar os problemas que são causados pelas indústrias, governo e população, o texto impresso seria capaz de dar uma volta completa no planeta.

O que mais me impressiona é o descaso do povo, do povo ao qual você faz parte, povo que suja e depreda a própria casa, povo que parece gostar de viver em meio a enchentes, sujeira e caos.

Eu considero muito importante ver o povo na praia comemorando a vinda de uma copa do mundo onde a maioria dos que estavam ali pulando na areia, não terá condições de comprar os ingressos; No caso das olimpíadas a história se repete, e aqueles que estavam ali comemorando é o pessoal do "oba, oba", que não tem inteligência suficiente para perceber a situação.

Citei inteligência na frase anterior, mas tenho consiencia que pedir que um brasileiro médio tenha inteligência é pedir demais para um povinho mediocre que só se mexe quando é para fazer festa, entram em qualquer folia sem nem se preocupar com o que estão comemorando; Um povinho medíocre que não desgruda da novela e nem por isto entende o enredo ou as mensagens que o autor deixou, na maioria das vezes só se preocupam em copiar os trejeitos e roupas das personagens, coisa típica de gente besta, sem cultura e desprovida de inteligência e bom senso.

Um dia quem sabe teremos uma sociedade onde o racional seja uma ferramenta em pleno uso.

Marcadores:

5 Comentários:

Às 15 de janeiro de 2010 14:06 , Anonymous Darcy Mendes disse...

Tive um professor na faculdade que falava que as pessoas confundem meio ambiente com plantar ou derrubar árvores. A questão é muito mais profunda: conscientizar a população é apenas o primeiro passo, pois toda atividade que envolve algum aspecto, terá algum impacto no meio ambiente, que pode até ser benéfico em alguns casos, mas que, na grande maioria é prejudicial. Então, bueiros entupidos, enchentes, efeito estufa,aquecimento global e tudo o mais que vemos por aí não é fruto da ignorância do homem, mas sim, da ânsia de ter sempre mais, sem se preocupar com o impacto que isso gera porque ele é apenas mais um no meio da multidão de insaciáveis.

 
Às 15 de janeiro de 2010 17:13 , Anonymous Dalete disse...

Belas palavras, ótimo texto!

 
Às 16 de janeiro de 2010 19:37 , Anonymous Guilherme Freitas disse...

Muito bom Giba. O que falta para bgrande parte da sociedade é uma educação decente. Se os pais ensinassem seus filhos a não jogar lixo no chão desde o berço, as cidades seriam mais limpas e os problemas menores. Meus pais sempre me disseram para não jogar lixo no chão e até não jogo nada na rua. Falta educação a população, apenas isso. Abraços.

 
Às 16 de janeiro de 2010 19:50 , Blogger Giovanna disse...

Um milhão de pessoas, que pensa que um vasilhame de alimentos infantis, embalagens de sal, de bala, pontas de cigarros, baterias de celulares, pilhas, não esqueçamos os animais domésticos abandonados, será que faz diferença eu min esquecer, que uma verba e destinada para os nossos satélites para observar as queimadas e os desmatamentos, e mapear as ruas e cidades e bairros, mar e ar, mais o que e que vermos são imbecis idiotas mortos, porque o cidadão o matou. E isso você pode ir a uma auto-escola tira uma carteira e matar quantos você quiser já que o que lhe vai acontecer e responder a um processo em liberdade, (foi sem querer sr. juiz)! Ta bom ou quer mais? Motorista que mata não e assassino! Assassino que paga por seu crime não mais e assassino, claro que não! quem ele matou? Sim eu não os chamaria de imbecis. As pessoas têm o governo que merece. O passado prova que o governo os quer, ignorantes.
Se fossem esclarecidos esses políticos bandidos não estaria ai sempre fazendo falcatruas abertamente e ninguém ver ou sabia. Vamos ver se começássemos, a explicar para as pessoas que. Que o governo gosta de vocês! Talvez a população não queira e não goste de ser considerada! E buscassem outro tipo de governo. As pessoas confundem escrever o nome ir a escola ou a faculdade com inteligência. A questão é muito mais profunda: de tudo o mais que vemos por aí, não é fruto da ignorância do homem, mas sim, da ânsia de querer ser passado para trás. De ser famoso de poder dar sempre um jeitinho, ter sempre mais, sem se preocupar com o impacto que isso gera no meio da multidão de insaciáveis egoístas que querem sempre mais e acham que ele pode porque tem outros piores que ele no mundo.
Será que eu disse mentiras?
Será que alguen gostou?
Será que eu sou ingual a todos os outros?

 
Às 16 de janeiro de 2010 19:53 , Anonymous Neilza oliveira silva disse...

Um milhão de pessoas, que pensa que um vasilhame de alimentos infantis, embalagens de sal, de bala, pontas de cigarros, baterias de celulares, pilhas, não esqueçamos os animais domésticos abandonados, será que faz diferença eu min esquecer, que uma verba e destinada para os nossos satélites para observar as queimadas e os desmatamentos, e mapear as ruas e cidades e bairros, mar e ar, mais o que e que vermos são imbecis idiotas mortos, porque o cidadão o matou. E isso você pode ir a uma auto-escola tira uma carteira e matar quantos você quiser já que o que lhe vai acontecer e responder a um processo em liberdade, (foi sem querer sr. juiz)! Ta bom ou quer mais? Motorista que mata não e assassino! Assassino que paga por seu crime não mais e assassino, claro que não! quem ele matou? Sim eu não os chamaria de imbecis. As pessoas têm o governo que merece. O passado prova que o governo os quer, ignorantes.
Se fossem esclarecidos esses políticos bandidos não estaria ai sempre fazendo falcatruas abertamente e ninguém ver ou sabia. Vamos ver se começássemos, a explicar para as pessoas que. Que o governo gosta de vocês! Talvez a população não queira e não goste de ser considerada! E buscassem outro tipo de governo. As pessoas confundem escrever o nome ir a escola ou a faculdade com inteligência. A questão é muito mais profunda: de tudo o mais que vemos por aí, não é fruto da ignorância do homem, mas sim, da ânsia de querer ser passado para trás. De ser famoso de poder dar sempre um jeitinho, ter sempre mais, sem se preocupar com o impacto que isso gera no meio da multidão de insaciáveis egoístas que querem sempre mais e acham que ele pode porque tem outros piores que ele no mundo.
será que eu sou diferente?
será que falei mentiras?
será podemos nus ajudar?

 

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial