This Page

has been moved to new address

Abril, Buchecha, Cardoso e 200VIP's

Sorry for inconvenience...

Redirection provided by Blogger to WordPress Migration Service
Giba Net: Abril, Buchecha, Cardoso e 200VIP's

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Abril, Buchecha, Cardoso e 200VIP's

Fiquei uma semana como observador de uma polemica que movimentou os formadores de opinião da blogosfera brasileira e apenas agora creio que tenho informações suficientes para comentar a respeito.

Trata-se de um projeto da Abril Digital que convidou 200 blogueiros (que ela considera que são os melhores do país) para participarem de um projeto de blog VIP, onde estes serão contemplados com palestras, cursos, workshop, e acesso privilegiado a matérias da Editora Abril.

O fato é que quem leu os termos de serviço e entendeu seu conteudo, ficou com impressão de ter sido chamado de idiota por esta empresa.

Primeiro porque os blogueiros convidados, em sua maioria, tem patrocinio em seus blogs e a Abril monopoliza os patrocínios, sendo que ela coloca o que quer onde quer e toda monetização fica para a empresa. Depois vem um trexo do artigo 10 do termo de uso que diz o seguinte:

“O Usuário concede licença de uso irrevogável, perpétua, global e livre de royalty para uso, exposição pública, publicação, exibição pública, reprodução, distribuição, transmissão, adaptação, alteração e promoção de seu conteúdo publicado nos blogs em qualquer mídia da Abril.”

Para ficar mais bacana, depois do item acima dizer que a Abril pode adaptar e alterar o texto do blog hospedado em seus servidores vem o seguinte item:

“O Usuário é considerado legalmente responsável pelo conteúdo que publica utilizando o serviço de blogs da Abril.”

Não é preciso ser muito inteligente para perceber que é uma grande armadilha,pois se eles podem alterar o conteudo, como pode o usuário ser responsabilizado?

Bem, a história toda se resume no seguinte:
  • O convidado abre mão de seu domínio e migra seu blog para o endereço da Abril;
  • O convidado abre mão de seus rendimentos de Adsense, Mercado Livre e outras formas de patrocínio, pois para os blogs hospedados nos servidores da Abril todo e qualquer patrocínio é de propriedade da empresa;
  • O convidado aceita que os editores da Abril editem o conteúdo de seu blog sem aviso prévio;
  • O convidado é totalmente responsável pelo conteúdo de seu blog, mesmo os textos sendo editados;
  • O convidado não tem o direito de mudar o template de seu blog, ele apenas pode escolher entre as opções disponibilisadas pela empresa;
  • O convidado não pode inserir todas as ferramentas que está acostumado a usar no Wordpress e Blogguer;
  • O convidado terá a divulgação de seu blog restrita ao UOLSites;
  • O convidado concorda que todo conteúdo do blog, a partir de sua publicação, passa a ser de propriedade da Abril e não mais de seu criador, mesmo ele sendo responsável civil e penalmente pelo conteúdo que assina.
Para entender melhor o critério da Abril Digital, a sua representante Aline Sordili disse que eles pesquisaram muito para chegar aos melhores blogueiros e convida-los, também pesquisaram muito para determinar todas as vantagens para os VIP's.
O que me causou estranheza foram os seguintes fatos:
  • Se convidaram os melhores blogueiros do país, porque o Carlos Cardoso do Contraditorium não foi chamado?
  • Se estudaram tanto assim, por qual motivo eles acharam que os próbloguers iriam aceitar escrever de graça para eles?
  • A Aline Sordili não conseguiu contestar nenhum argumento dos leitores do Cardoso, nenhum;
  • Se são realmente VIP's, por que a Abril usou texto padrão para todos?
  • Estão simplesmente tratando o blogueiro como mão-de-obra gratuita e fornecedor de conteúdo (como bem disse o Cardoso);
  • No convite VIP a Abril informa que os blogueiros que aceitarem o convite serão convidados para um coquetel no prédio da empresa em So Paulo, ninguém em nenhum momento se preocupou com o fato de muitos dos convidados estarem em outro estado;
  • Não há em nenhum momento, já que estudaram tanto sobre os blogs, uma compensação para a perda de faturamento que aqueles que tem patrocínio e programas de afiliação abririam mão para participarem do projeto.

Para se ter uma idéia do fiasco, o Fábio Melo fez alguns comentários em seu blog e ninguém da Abril se deu o trabalho de tentar convence-lo ou a seus leitores de que ele entendeu errado.

O Marcelo Träsel do Martelada escreveu um texto a respeito, vale acompanhar.

No mais, só quero ver onde vai terminar esta história.

Marcadores: ,

1 Comentários:

Às 10 de setembro de 2008 22:26 , Anonymous Fábio Buchecha disse...

Se convidaram os melhores blogueiros do país, porque o Carlos Cardoso do Contraditorium não foi chamado?

Puta merda, é verdade. Tô quase achando que foi uma piada de algum estagiário cara. Você não acha não?

=P

 

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial