This Page

has been moved to new address

Eu Quero Mandar a Copa 2014 Para a Inglaterra

Sorry for inconvenience...

Redirection provided by Blogger to WordPress Migration Service
Giba Net: Eu Quero Mandar a Copa 2014 Para a Inglaterra

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Eu Quero Mandar a Copa 2014 Para a Inglaterra


O Brasil não é o país do futebol.

O país do futebol é a Inglaterra, pois foi lá que o esporte nasceu.

Claro que o Brasil pode ter orgulho de ser um grande campeão mundial, mas isto não é motivo para que a Copa 2014 seja realizada aqui.

Aliás, a única vez em que isto ocorreu, em  1950, sofremos uma derrota histórica.

No entanto, o grande motivo para mandar a Copa de 2014 para a Inglaterra é que não temos dinheiro, não temos competência e não temos honestidade para realizar um evento deste porte.

O Brasil é o país da corrupção no futebol.

A presidência da Confederação Brasileira de Futebol é praticamente vitalícia e nem com CPI, que comprovou dezenas de ilícitos, conseguiu ser mudada.

Os clubes, na sua grande maioria, são dirigidos por políticos corruptos ou por agentes de jogadores, usados como currais eleitorais ou como fonte de bilionários negócios pessoais.

A estrutura para a prática do futebol é um fiasco, tanto é que a realização da Copa está exigindo investimentos de mais de U$ 3 bilhões apenas em estádios.

Tudo com financiamento a fundo perdido pelo BNDES ou dá para acreditar que os clubes, maiores devedores de INSS e FGTS, vão pagar estes empréstimos?

E o BNDES vai fazer o quê com um estádio de futebol confiscado para pagamento de dívida?

Além disso, o Brasil não possui nem mesmo aeroportos decentes para receber os torcedores do mundo inteiro e, mesmo que o governo arranje dinheiro para construir e reformar, nenhum deles ficará pronto para 2014, segundo relatório do IPEA, órgão público federal.

Este é apenas um exemplo.

O custo para realizar a Copa do Mundo 2014 no Brasil está orçado em U$ 15 bilhões, sem contar com os U$ 30 bilhões destinados a construir um trem-bala para ligar São Paulo com o Rio de Janeiro, um projeto fadado à falência, por ser economicamente  inviável.

Aliás, o trem-bala também não ficará pronto para o evento.

O mais grave de tudo, no entanto, é que com a desculpa de agilizar as obras, o governo federal quer fazer todas as obras ao arrepio da lei, eliminando licitações e afrouxando a fiscalização.

Será uma roubalheira generalizada.

Lembram do Pan de 2007, que deveria custar R$ 400 milhões e acabou custando R$ 4 bilhões, sendo que até hoje o Tribunal de Contas da União não aprovou as contas?

Senhores e senhoras, o custo orçado de U$ 25 bilhões acabará sendo de U$ 50 bilhões.

O Brasil é um país rico pela própria natureza, mas pobre, muito pobre pela ineficiência do seu governo, pela má gestão, pela corrupção.

Temos 30 milhões de miseráveis. Temos 20 milhões de analfabetos.

Temos 1 milhão de viciados em drogas.

50.000 brasileiros morrem por ano em acidentes nas péssimas estradas federais.

Há mais de 100.000 assassinatos por ano.

Não temos boas escolas.

Não temos bons hospitais.

Não temos penitenciárias suficientes.

Não temos clínicas de recuperação de drogados.

Não temos creches.

Não temos, em resumo, U$ 25 bilhões,que acabarão sendo U$ 50 bilhões por causa da corrupção, para gastar em 30 dias de um evento esportivo.

Por isso, estamos lançando a campanha “Eu quero a Copa 2014 na Inglaterra”.

A Inglaterra é o país que inventou o futebol.

Está realizando os Jogos Olímpicos 2012 que, ao final deste ano, com seis meses de antecedência, vai entregar todas as obras exigidas e uma infra-estrutura espetacular.

Lá está tudo pronto e não haverá prejuízos para o mundo do futebol.

O Brasil tem outras prioridades.

O Brasil precisa de escolas, não de estádios de futebol.

O Brasil precisa de ônibus e metrô, não de trem-bala.

O Brasil precisa de ferrovias, estradas,pontes, viadutos, ruas calçadas e asfaltadas.

O Brasil precisa respeitar o dinheiro dos brasileiros, que pagam a maior carga tributária do mundo e os maiores juros do planeta.

Vamos mandar a Copa do Mundo de 2014 para a Inglaterra.

Marcadores:

1 Comentários:

Às 4 de junho de 2011 00:12 , Anonymous Guilherme Freitas disse...

Eu concordo. Estive na Inglaterra e conheci alguns estádios lá. Impressionante a estrutura, além de tudo estiver pronto como cidades, infraestrutura, transporte, etc. Ainda temos muito que o aprender. Abraços.

 

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial