This Page

has been moved to new address

CONVITE À REFLEXÃO

Sorry for inconvenience...

Redirection provided by Blogger to WordPress Migration Service
Giba Net: CONVITE À REFLEXÃO

domingo, 7 de agosto de 2011

CONVITE À REFLEXÃO

Os que andam abraçados com os antigos comunas tem que ser identificados como simpatizantes do Muro de Berlim e toda a história do comunismo mundial

(*) Por: Lino Tavares

   Embora enquadrado no gênero jornalístico opinativo, esse texto difere de seus congêneres, porque a opinião a que se propõe despertar aqui não é a do articulista e sim a do leitor. É um artigo em forma de questionário, que tem como objetivo levantar questões polêmicas ligadas ao governo de exceção vivido no Brasil entre 1964 e 1984.

   A finalidade da matéria é acender a luz da razão, na mente de cada leitor, de modo a lhe proporcionar a oportunidade de tirar por si só, sem a interferência de terceiros,  as conclusões capazes de lhe permitir formular um conceito lógico e razoável acerca daquele período conturbado da vida nacional.

   Vamos aos fatos !

   Quando aconteceu o Movimento Revolucionário desencadeado em 31 de Março de 1964, que culminou com a deposição do presidente João Goulart, havia ou não um movimento ideológico, patrocinado por Moscou,  visando à implantação da Ditadura do Proletariado no Brasil , sem qualquer resistência em contrário por parte do governo vigente ?

   O governo revolucionário que assumiu a chefia da Nação, na ocasião, caracterizava ou não uma forma de ditadura destinada à perpetuação de alguém no poder,  semelhante àquelas do "ditador único", de que são exemplos clássicos a espanhola do general Franco, a cubana de  Fidel Castro, e a chilena de  Augusto Pinochet ?

   Os presidentes militares, uma vez substituídos no poder, levaram para casa ou não algum tipo de privilégio,  e algum deles multiplicou ou não o seu patrimônio pessoal, valendo-se do cargo exercido na mais alta magistratura da Nação ?

    Todos os que combatiam o chamado "Regime Militar" o faziam ou não em prol da  redemocratização plena do Brasil, ou havia quem também se voltasse contra o poder vigente com algum outro objetivo que não fosse exatamente esse ?

    Agora uma pergunta final, dirigida especialmente aos que, à luz dos questionamentos acima, acham que, na época em questão, o Brasil corria o risco de ser `comunizado`, o governo revolucionário não caracterizava uma ditadura típica, os presidentes militares não tiraram nenhum proveito pessoal em função do cargo exercido, e nem todos os que se opunham ao governo o faziam em prol da redemocratização do país. Eis a pergunta:
    
  É possível condenar,  na plenitude, a Revolução de 1964 e o Regime que lhe sobreveio,  sem se sentir um cidadão afim com agentes comunistas da época e, por extensão,   com coisas como o Muro de Berlim, o Paredão de Fuzilamento de Fidel Castro, o Massacre de estudantes chineses da Praça da Paz Celestial e os Campos de concentração da Sibéria ?  
      
(*) Lino Tavares é jornalista diplomado, colunista na mídia gaúcha e catarinense, integrante da equipe de comentaristas do Portal Terceiro Tempo da Rede Bandeirantes de Televisão, além de poeta e compositor.

Marcadores:

7 Comentários:

Às 4 de setembro de 2011 13:24 , Blogger Barmen disse...

Lênin chamou o que acontecia na URSS de "capitalismo de estado". A sociedade russa da época tinha ainda classes sociais. O socialismo soviético de Stalin era extremamente totalitário e não condizia com a ideia proposta por Marx. Os números das imagens são todos inflados. Da onde você tirou que o nazismo matou 20 MILHÕES? E outra, 60 milhões? Isso são mais pessoas do que a Segunda Guerra Mundial. Meio incoerente, não?

O que é marxismo?
http://www.youtube.com/watch?v=cs6yaMKrEM4

Holodomor: O que você ainda não viu (4 partes)
http://www.youtube.com/watch?v=M-E3iqPCios
http://www.youtube.com/watch?v=dKpQ7sUy7rg&feature=related
http://www.youtube.com/watch?v=TM3twB4Qgjk&feature=related
http://www.youtube.com/watch?v=_ECeq9f0pjE&feature=related

E aí, você ainda confia nos artigos de Nixon sobre a União Soviética? E outra, o nazismo foi bem diferente do socialismo, apesar do nome, tanto que eles perseguiam os partidos "comunistas" da época.

 
Às 5 de setembro de 2011 18:01 , Blogger Barmen disse...

Chosmky sobre Lênin, Trotsky e URSS
http://youtu.be/zDJee4stYN0

 
Às 6 de setembro de 2011 01:35 , Blogger Giba disse...

Barmen, vou lhe pedir para visitar o endereço http://gibanet.com
Obrigado

 
Às 6 de setembro de 2011 01:38 , Blogger Giba disse...

No endereço que indiquei acima você encontrará este mesmo artigo com seus comentários.
Quero aproveitar e lhe agradecer por indicar estes vídeos, pois os mesmos me esclareceram muitas lacunas da história.
Um grande abraço
Giba

Eis o link do artigo: http://gibanet.com/2011/08/07/convite-a-reflexao/#comment-2140

 
Às 7 de setembro de 2011 23:03 , Blogger Barmen disse...

Pois é, as coisas ainda estão meio "obscuras" a respeito das ideologias políticas. Apesar de eu ser meio agressivo escrevendo, não me leve a mal... Mas essa imagem é melhor mudar mesmo, pois até onde eu sei oficialmente o nazismo matou 6 milhões, e tem historiador dizendo que é ainda menos (não confundir com os revisionistas!). E cada um diz um número diferente sobre os sistemas socialistas stalinistas/maoístas, então não sei dizer se esses aí estão certos, mas pra mim são todos inflados... mas sei que foram bem violentos sim.

 
Às 7 de setembro de 2011 23:13 , Blogger Giba disse...

Barmen, as coisas são sempre obscuras, principalmente quando temos inúmeros marketeiros querendo dizer que seu país derrotou um monstro muito maior do que realmente é.
É aquela história da mentira sendo dita milhares de vezes, torna-se verdade.
A maneira que você escreve é clara, direta, objetiva, do jeito que deveriam ser todas as opiniões e comentários, por isto, não se desculpe, você está fazendo da maneira correta.
Obrigado mais uma vez.
Abraços
Giba

 
Às 8 de setembro de 2011 15:24 , Blogger Barmen disse...

Valeu! Ainda bem que você foi bem compreensivo, achei que íamos começar uma guerra nos comentários... E já estou acessando a outra página também.

 

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial