This Page

has been moved to new address

"Nosso Lar" é sustentável?

Sorry for inconvenience...

Redirection provided by Blogger to WordPress Migration Service
Giba Net: "Nosso Lar" é sustentável?

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

"Nosso Lar" é sustentável?


* Por André Trigueiro

O filme mais caro da história do cinema nacional consumiu boa parte dos 20 milhões de reais de seu orçamento em efeitos especiais que se prestam à impressionante visualização da cidade espiritual descrita pelo Espírito André Luiz através da psicografia de Francisco Cândido Xavier.

"Nosso Lar" impressiona pelo bom gosto na justa distribuição dos espaços de área construída intercaladas por gramados e lagos. As áreas verdes e a presença da água marcam o projeto urbanístico da cidade, onde os pedestres circulam livremente sem disputar espaços com qualquer gênero de transporte individual. O transporte público de massa é o aérobus, muito parecido com o nosso metrô de superfície, só que sem trilhos. O magnetismo que impulsiona o veiculo é o mesmo que por aqui já empurra trens-bala de alta velocidade.

Os prédios públicos são imponentes e com design arrojado. Privilegiam a iluminação natural com imensas janelas ou áreas vazadas. Para as demais edificações o gabarito é invariavelmente baixo, harmonizando-se as áreas povoadas sem aglomerações indevidas.

Predominam por toda a cidade as cores claras com tons vitalizantes, cromoterápicos. Vista de cima, "Nosso Lar" lembra um pouco o plano-piloto de Brasília sem asfalto ou automóveis.

Em resumo: para espíritas ou não espíritas, o filme exibe conceitos de urbanismo modernos e sofisticados que poderiam inspirar nossos gestores.

* André Trigueiro é jornalista com Pós-graduação em Gestão Ambiental pela COPPE/UFRJ, Professor e criador do curso de Jornalismo Ambiental da PUC/RJ, autor do livro Mundo Sustentável - "Abrindo Espaço na Mídia para um Planeta em transformação" (Editora Globo, 2005), Coordenador Editorial e um dos autores do livro "Meio Ambiente no século XXI", (Editora Sextante, 2003).

Marcadores: , , , ,

3 Comentários:

Às 27 de setembro de 2010 21:02 , Blogger Artigos & Crônicas disse...

Olá Gilberto,
gostei do comentário e apesar de ainda não ter assistido o filme, suas palavras despertaram minha curiosidade...
Valeu.
Abraços.
Sonia Costa

 
Às 27 de setembro de 2010 21:11 , Blogger Dú Pirollo disse...

Meu caro amigo Giba, boa noite!!!
Ainda não assisti o filme, mas já li o livro "Nosso Lar", com as explicações fique mais curioso com o filme.
Quem sabe, esses mistérios não nos é permitido conhecer plenamente, mas deve existir sim, neste outro mundo, os hospitais para o tratamento do espírito, da alma... como temos aqui o tratamento para o corpo, lá devemos ter a mesma coisa para a alma que sofreu com as provações daqui.
Parabéns pelo excelente texto, adorei!!!
Grande abraço e muita paz!!!

 
Às 28 de setembro de 2010 16:52 , Anonymous Rose disse...

Giba, toda equipe de produção do filme está de parabéns,“Nosso lar”é um filme simples, porém muito profundo no que se refere a emoções e auto-conhecimento.
Fazer o bem é simples, porém, difícil, entendeu?
Aí é que está a fórmula do filme, faz-nos repensar sobre as ações e as consequencias de nossa estada aqui neste plano.
Deus na sua sabedoria é tão grande e nós somos seres tão imperfeitos que não entendemos, vejo que terei outra jornada pela frente, não gostaria de voltar, mas voltarei segundo os resignos de Deus.
Paz amigo
Rose*

 

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial