This Page

has been moved to new address

Contratar um Personal Trainer

Sorry for inconvenience...

Redirection provided by Blogger to WordPress Migration Service
Giba Net: Contratar um Personal Trainer

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Contratar um Personal Trainer


(*) Por Glauber Delgado

Todas as pesquisas comprovam que a prática regular de exercício físico aliado a uma alimentação adequada constitui fator de prevenção e controle de diversas moléstias, além de auxiliar na promoção da saúde.

Hoje em dia, todos nós buscamos segurança e comodidade em um programa de exercícios físicos que visam às necessidades específicas, e que seja principalmente adequado a nossa realidade.

Essa realidade muitas vezes é negligenciada por alguns proprietários e coordenadores de academia, que contratam acadêmicos de Educação Física ou instrutores sem qualificação nenhuma para trabalhar em seus estabelecimentos, oferecem horários poucos flexíveis para a prática dos exercícios, não realizam manutenção dos equipamentos adequadamente, não fazem avaliação física para verificar o condicionamento físico atual, colocam um número excessivo de alunos por horário, os vestiários sempre ficam a desejar entre outros.

Esses detalhes junto com a inibição, constrangimento, falta de tempo, problema familiar ou por necessidade de algum tipo de trabalho especial, colaboram para o afastamento da grande maioria dos indivíduos que estão a procura de atividade física em uma academia.

Contratar os serviços de um personal trainer deixou de ser para poucos, hoje ter um não é mais luxo ou status, mais uma necessidade e dependendo dos objetivos definidos de cada pessoa vale à pena ter, devido ao seu comprovado êxito no treinamento personalizado.

As diferenças observadas nesse serviço são muitas, entre as quais podemos citar: número limitado de clientes por personal trainer, um único aluno ou casal por horário, atendimento para grupos especiais (diabetes, hipertensão, obesos e outros), avaliação física periódica, reconhecimento do aluno/cliente pelo nome e não pelo número de matrícula, o trabalho multidisciplinar com profissionais da área de saúde (médicos, nutricionistas, fisioterapeutas e psicólogas), flexibilidade nos horários e locais da prática dos exercícios, privacidade e exercícios diferenciados, bem de acordo com seu estilo de vida, objetivos, desejos e individualidade.

Tudo isto em uma única mensalidade que, apesar de ser mais cara que uma academia, clube ou associação, quando comparada com o custo beneficio, é possível percebermos que o investimento é válido.

Mas lembre-se que antes de contratar um personal trainer, verifique se ele é formado em Educação Física, tenha registro no Conselho Regional de Educação Física (CREF) e alguma experiência profissional.

(*) Glauber Delgado é professor de Educação Física, Pós-graduado em Condicionamento Físico e Musculação. Pós-graduado em Nutrição Desportiva e Qualidade de Vida. Pós-graduado em Treinamento Personalizado: Aspectos Fisiológicos e Alto Rendimento.

Marcadores:

2 Comentários:

Às 24 de janeiro de 2011 21:48 , Blogger Edegard disse...

Ola Amigo
Hoje um personal trainer não é acessível a maioria da população, mas vale lembrar que instituições como o Sesc mantêm profisionais altamente qualificados e que orientam e praticam esses exercícios quase que gratuítamente a seus associados.
Abraços

 
Às 7 de março de 2011 07:22 , Blogger Luis Galo disse...

Concordo c vc, q um personal trainer não é acessível a maioria da população e q profissionais qualificados estão sim em todas as partes! Graças a Deus. Glauber

 

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial