This Page

has been moved to new address

Dia do dizimista.

Sorry for inconvenience...

Redirection provided by Blogger to WordPress Migration Service
Giba Net: Dia do dizimista.

domingo, 15 de março de 2009

Dia do dizimista.


O ruim de se ter um pouco de senso crítico, é que quando nos deparamos com algumas trambicagens temos a nítida sensação de que algumas pessoas, por burrice ou por ignorância estão sendo enganadas.

Para ilustrar um destes efeitos "picaretagem" leiam o texto da lei que foi promulgada em janeiro deste ano em Belém do Pará.

Lembrando que este prefeito, Duciomar Gomnes da Costa é acusado de desviar verbas federais de programas de saúde, ente outras fraudes.

LEI nº 8.664 DE 27 DE JANEIRO DE 2009.

“Dispõe sobre a criação do Dia Municipal do Dizimista e ofertante no Município de Belém, e dá outras providências”.

O PREFEITO MUNICIPAL DE BELÉM,

Faço saber que a CÂMARA MUNICIPAL DE BELÉM, estatui e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º Fica criado com méritos na cidade de Belém, capital do Estado do Pará, o Dia Municipal do Dizimista e do Ofertante cristão consciente, a comemorar no dia 18 de maio de cada ano.

Art. 2º VETADO

Art. 3º Estabelece que no decorrer das comemorações referidas ao evento, seja divulgado em alto e bom som o que está escrito da Bíblia Sagrada no livro de Mala­quias cap. 3 vol. 10, que diz: “Trazei todos os dízimos à Casa do Tesouro para que haja mantimento na minha casa…”, e também o que está escrito no mesmo livro no cap. 3 vol. 18: “Então vereis a diferença entre o que serve a Deus e o que não o serve…”

Art. 4º. Ficará por conta e responsabilidade das emissoras de comunicação ligadas ou pertencentes às igrejas cristãs, a divulgação dos ensinamentos abaixo relacionados:

§ 1º Conscientizar a membrasia das igrejas cristãs em geral;

§ 2º Aconselhar e disciplinar a igreja a respeito do assunto;

§ 3º Estimular o povo cristão mostrando a necessidade da prática de ofertar e dizi­mar por parte do cidadão, praticante ou não.

Art. 5º As igrejas cristãs ficam com a missão de encorajar o povo a praticar a entrega ou devolução de dízimos e ofertas como prova da obediência no que ensina a Constituição divina, a “Bíblia Sagrada”, a palavra de Deus que é o bálsamo para o coração da família.

Art. 6º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

PALÁCIO ANTONIO LEMOS, 27 DE JANEIRO DE 2009

Duciomar Gomnes da Costa

Fica a encargo do eleitor analisar se está sendo feito de otário ou se ser otário é de seu gosto e prazer.

Marcadores:

9 Comentários:

Às 15 de março de 2009 16:40 , Anonymous Drauzio Milagres disse...

Isso é um verdadeiro absurdo. Por causa dessas coisas é que os governantes não investem em educação, pois para os políticos não há o menor interesse de se criar uma massa crítica e pensante. Se existisse uma justiça competente e não comprometida com o poder, esses "religiosos" estariam todos presos. Liberdade religiosa não é um "cheque em branco" para explorar as pessoas. Um abraço. Drauzio Milagres.

 
Às 15 de março de 2009 16:46 , OpenID gibanet disse...

"justiça competente e não comprometida com o poder", acho que você anda assistindo muito filme de ficção.
O poder público que elitizar a inteligencia e o conhecimento, para o pobre fica a religião e a subserviência.
abraços
Giba

 
Às 15 de março de 2009 16:54 , Anonymous Drauzio Milagres disse...

Oi Giba, você não leu ou não entendeu o que eu escrevi? Por que eu estaria "assistindo muito filme de ficção"? A sua resposta tem tudo a ver com o que escrevi. Um abraço. Drauzio Milagres.

 
Às 15 de março de 2009 17:04 , OpenID gibanet disse...

Quando você disse "se existisse" é como quando nós nos inspiramos no, se existisse teletransporte ou qualquer coisa assim.
Eu entendi bem seu comentário e concordo integralmente com ele.
Apenas quis frisar que "justiça competente e não comprometida com o poder" só existe nos filmes fictícios do cinema e duvido que algum dia este tipo de justiça competente seja inventado neste planeta, duvido que em algum lugar da terra apareça um religioso comprometido com a verdade e duvido que apareça um político que faça o seu trabalho honestamente pelo bem comum.

 
Às 16 de março de 2009 00:03 , Blogger Alcione Torres disse...

Tu tá brincando comigo! Diz que isso não é sério, Giba!
Que absurdo!
Tô sem palavras!

 
Às 16 de março de 2009 00:15 , OpenID gibanet disse...

É sério Alcione, é sério.
Pode ficar sem palavras, mas a lei está aí.
Disem que cada povo tem o governo que merece, o que você acha?

 
Às 16 de março de 2009 12:06 , Anonymous Michell Niero disse...

Olha Giba, tem dias que eu perco as esperanças. Essa aproximação entre essas seitas e o poder do estado me parecem uma pá de cal na coisa pública, na democracia, na cidadania. Que cenário podemos prever daqui há 20 ou 30 anos?

Um abraço

 
Às 24 de março de 2009 12:06 , Anonymous Lucho disse...

Não sei o que é pior: O prefeito ter aprovado essa lei; ou o vereador que criou esse PL para a criação desse dia, sim porque quem faz isso são os vereadores. Qual o nome dele? Certamente deve ser mais um político evangélico que infesta o legislativo brasileiro e que adora legislar em causa própria.

Mas, de qualquer maneira, tanto um, como outro foram colocados lá pelos eleitores. Então, que aguentem agora.

 
Às 9 de novembro de 2009 16:23 , Anonymous Anônimo disse...

Assim também vós, meus irmãos, fostes mortos quanto à lei mediante o corpo de Cristo, para pertencerdes a outro, àquele que ressurgiu dentre os mortos a fim de que demos fruto para Deus.
Romanos 7:4
Pois Cristo é o fim da lei para justificar a todo aquele que crê.
Romanos 10:4
Mas se é pela graça, já não é pelas obras; de outra maneira, a graça já não é graça.
Romanos11:5 ,6
Pois todos quantos são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque escrito está: Maldito todo aquele que não permanece em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.
Gálatas 3:10
Talvez não esteja entendendo porque estes versículos, bom eles mostram que a lei foi extinta em Cristo Jesus, assim como o dizimo faz parte de um conjunto de LEIS que foi dado aos Israelitas para Levitas.
Mateus 22:29
Jesus, porém, lhes respondeu: Errais, não compreendendo as Escrituras nem o poder de Deus;

Bom o povo é enganado por não conhecer as escrituras

 

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial