This Page

has been moved to new address

Hipertenção Arterial

Sorry for inconvenience...

Redirection provided by Blogger to WordPress Migration Service
Giba Net: Hipertenção Arterial

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Hipertenção Arterial

HIPERTENSÃO ARTERIAL

Pressão alta

Depois de certa idade muitas pessoas sofrem com pressão alta.
Metade dos brasileiros com mais de 50 anos é hipertensa; proporção que atinge 60% depois dos 60 anos, e que não pára de aumentar daí em diante.

Sua ocorrência se tornou tão banal que é comum ouvir: "Minha mãe está ótima, tem só uns probleminhas de pressão". Probleminhas? Hipertensão é doença traiçoeira, sobrecarrega e hipertrofia a musculatura do coração - especialmente a do ventrículo esquerdo, encarregada de impulsionar o sangue através da aorta, cujo segmento superior é empurrado para cima e para trás. Nas fases finais, a hipertrofia pode ser tão exagerada que os médicos passam a chamá-lo de "coração de boi".

Com o passar dos anos, as camadas musculares que contraem e dilatam as pequenas e grandes artérias do organismo se tornam endurecidas: surge a arteriosclerose, que aumenta a probabilidade de doenças cardiovasculares. Cerca de 60% dos ataques cardíacos ocorrem em hipertensos; e 80% dos derrames cerebrais, também.

Além desses eventos dramáticos, a hipertensão mal controlada pode lesar os rins, a retina e as artérias periféricas e levar à insuficiência renal, à perda da visão e a amputações de membros, respectivamente.

Por isso, se você ou algum familiar é hipertenso, preste atenção:

1) O coração é uma bomba incansável: em suas câmaras passam 5 a 6 litros de sangue por minuto. Isso mesmo, por minuto;

2) A pressão arterial é conseqüência da "força" que o sangue faz contra a superfície das paredes internas das artérias para obrigá-lo a circular;

3) A pressão não é constante no decorrer do dia: em repouso ou dormindo, com os vasos relaxados, tende a cair; e a subir, quando fazemos esforço físico, estamos nervosos ou sob estresse,

4) Ao medir a pressão você deve estar sentado, com o aparelho ajustado em seu braço à altura do coração. Não fale. Descanse por 5 a 10 minutos em ambiente calmo antes de efetuar a medida. Você não deve ter realizado esforço nos últimos 60 minutos. Não fume nem ingira alimentos ou bebidas alcoólicas nos 30 minutos que antecederem a medida. Esvazie a bexiga e não cruze as pernas. Se a pressão estiver alta, repita a medida dois ou três minutos depois;

5) É preciso muita cautela antes de rotular uma pessoa como hipertensa;

6) Você terá níveis ideais de pressão, quando a máxima estiver abaixo de 12, e a mínima, abaixo de 8. Estará numa situação limítrofe quando a máxima estiver entre 13,0 e 13,9 ou a mínima entre 8,5 e 9. Será considerado hipertenso quando a máxima atingir 14,0 ou mais ou a mínima atingir ou ultrapassar 9,0;

7) Aumentos de peso e de pressão arterial andam de mãos dadas. As diminuições, também: nos hipertensos, para cada 1 kg perdido a pressão cai em média 0,13 a 0,16 unidades (cm);

8) Muitos acham que aumento da pressão provoca dor de cabeça, tontura, peso na nuca, mas, como nada sentem, passam anos sem medi-la. Está errado, a doença é silenciosa. Só provoca sintomas em fases muito avançadas ou quando ocorre aumento abrupto;

9) Em 90% a 95% dos casos não se consegue descobrir a causa da hipertensão;

10) A doença é mais comum em negros e seus descendentes;

11) O objetivo-alvo do tratamento é manter rigorosamente níveis que não ultrapassem 12 x 8;

12) A melhor forma de controlar a pressão é por meio de mudanças no estilo de vida: manter atividade física diária, evitar a obesidade, o consumo exagerado de bebidas alcoólicas, alimentos gordurosos, doces, sal, reduzir o estresse e, especialmente, deixar de fumar;

13) A prevenção das complicações através do uso de medicamentos anti-hipertensivos foi um dos maiores sucessos da medicina contemporânea;

14) Se puder, escolha um médico atualizado com as inúmeras opções terapêuticas disponíveis;

15) Assuma o controle de sua condição: compre um aparelho para medir a pressão em horários variados;

16) Tome os comprimidos religiosamente nos horários prescritos. Em caso de efeitos colaterais, entre em contato com seu médico, não faça ajuste de doses nem interrompa o tratamento por conta própria;

17) Descontados os casos de hipertensão mais leve, é provável que você tenha de tomar remédio pelo resto da vida. Não fique revoltado, dê graças a Deus por eles existirem.

Marcadores:

7 Comentários:

Às 11 de setembro de 2009 11:19 , Anonymous Drauzio Milagres disse...

Matéria sempre pertinente pela sua importância. Mas a palavra mágica é a prevenção. Alimentação adequada, atividade física moderada e medicação correta permite que o hipertenso tenha qualidade de vida. Um abraço. Drauzio Milagres.

 
Às 12 de setembro de 2009 00:05 , Blogger Luma disse...

Meu pai é hipertenso e faz um monte de estravagâncias! Vou mandar ele vir aqui ler o seu blogue! :=))) Beijus

 
Às 12 de setembro de 2009 01:12 , OpenID gibanet disse...

Luma, manda sim, e se ele disser que é besteira o que está escrito, mande ele conversar com um profissional de saúde.

 
Às 12 de setembro de 2009 15:08 , Blogger gilvan disse...

A masturbação pode ser considerada um exercício físico ?

 
Às 12 de setembro de 2009 15:17 , OpenID gibanet disse...

Gilvan, depende do ponto de vista.
Pergunte ao seu médico.

 
Às 22 de maio de 2010 21:57 , Anonymous Rose disse...

ESTOU DENTRO DESTA ESTATÍSTICA, SOFRO DE PRESSÃO ALTA HÁ 3 ANOS E LEVEI UM SUSTO QUE ME FEZ REPENSAR SOBRE QUALIDADE DE VIDA.
HOJE FAÇO CAMINHADAS E TENTO NÃO ABUSAR DE SAL, MESMO ASSIM TENHO QUE TOMAR REMÉDIO DE PRESSÃO TODOS OS DIAS, MAS É FATO QUE EXERCÍCIOS FAZEM BEM A SAÚDE E A PRESSÃO.
LEGAL A MATÉRIA

 
Às 22 de maio de 2010 22:16 , Blogger Giba disse...

Pois é Rose, as vezes pensamos que somos mais fortes e é nesta hora que tomamos vários sustos.
Mas ainda bem que temos tempo para nos cuidarmos.
Se puder indicar este artigo e outros sobre problemas de saúde para aqueles que ainda não sofrem estão saudáveis, talvez sirva de alerta antes que fiquem doentes.
Muito obrigado por sua participação.
Um grande abraço
Giba

 

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial