This Page

has been moved to new address

Aos Irmãos de Fé

Sorry for inconvenience...

Redirection provided by Blogger to WordPress Migration Service
Giba Net: Aos Irmãos de Fé

terça-feira, 22 de junho de 2010

Aos Irmãos de Fé

Eu quero deixar aqui uma dica, uma sugestão ou apenas uma simples opinião minha, direcionada aos evangélicos fervorosos, os crentes devotos e/ou os católicos beatos.
Sei que falar de Deus é importante, também sei que é gratificante levar a mensagem do criador, do Pai à qualquer alma que nos dê atenção.
A satisfação pessoal quando levamos a mensagem confortadora a quem está necessitado é impagável.
Porém, devemos ter consciência que até para levar à alguém uma mensagem divina, tem um momento certo.
Ficar invadindo o espaço alheio em horas erradas, ficar insistindo muito, ficar enviando ou falando versículos soltos da bíblia apenas incomoda as pessoas e sua mensagem além de não ser aproveitada, causa uma certa repulsa em quem lê ou ouve.
Devemos esperar o melhor momento para não nos tornarmos inconvenientes, chatos, incómodos ou qualquer outro adjetivo que queira usar para descrever esta situação.
Lembro-me bem das palavras de um grande amigo, quando me disse: Mostre-se exemplar, simpático, solicito e bem educado. As pessoas admiram quem é assim. Em algum momento alguém se interessará em saber o motivo de você ser assim tão agradável. Eis o momento certo para que lhe transmita a mensagem que fará com que a pessoa mude seu rumo, abra os olhos, acabe por saber as bem aventuranças cristãs e quem sabe até passe a te-las como base em suas vidas.
Até água demais faz mal, então meu caro amigo/irmão, seja prudente.
Nunca um pastor ou padre me importunou exagerando em suas pregações, bispos muito menos, porém alguns fieis vivem fazendo spam ou sendo mais que inconveniêntes em suas pregações.
Outro detalhe importante é a apelação, pois se você não consegue me convencer, não é por causa do Diabo, mas por causa de sua incompetência como pregador da palavra.
Então, assuma de vez que você não tem o dom para doutrinador ou procure quem possa lhe ensinar e pare de querer empurrar a culpa de seu fracasso nas costas alheias, se esquivando de sua responsabilidade, pois sua própria consciência vai te cobrar mais cedo ou mais tarde.
Aquele que sabe aconselhar é naturalmente procurado por seus dotes. Se ao passar sua mensagem as pessoas se esquivam, então é porque você ainda não está preparado para tal tarefa, prepare-se, instrua-se, habilite-se, aí sim saberá como e quando devera agir e assim obterá êxito em sua missão.
Espero sinceramente ter conseguido com este pequeno recado, abrir os olhos de alguns amigos/irmãos para a necessidade do aperfeiçoamento pessoal, inclusive no que diz respeito a fé.
Fique em paz e que as graças divinas recaiam sobre vossa vida.
Um grande abraço
Giba

Marcadores: , ,

15 Comentários:

Às 22 de junho de 2010 05:14 , Anonymous marivan disse...

Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei.

(Isaías 55:11)

 
Às 22 de junho de 2010 05:18 , Blogger Giba disse...

Meu amigo Marivan, ou você não leu o que escrevi ou está se fazendo de desentendido, pois acaba de simplesmente nlançar um versiculo solto.
Vai querer fazer spam também?
Abraços
Giba

 
Às 22 de junho de 2010 05:33 , Blogger juci disse...

Concordo com tu guri
naum tem nada pior do q tentar ti empurrarem a força algo q tu naum estas afim de ouvir,
naum gosto do modo de como alguns se enche de razão afirmando q tu é mau, mas q tu pode mudar isso, odeio os termos diabolicos q usam a se dirigir a tudo q naum é bom,
bah cada um tem seu ponto de vista
o conceito de bom , mal ,
certo e errado é muito relativo
nem tudo q eu defina como bom pode ser bom aos outros.
TEmos apenas q mandar uma regra simples: RESPEITO
guri o recado foi bem dado e de modo muito simpatico parabens!
bjo grande

 
Às 22 de junho de 2010 05:37 , Blogger Giba disse...

Juci, muito obrigado por suas palavras.
O que peço neste texto é exatamente o que você disse: RESPEITO.
E no meio cristão, nem se deveria ter que pedir isto.
Um grande beijo
Giba

 
Às 22 de junho de 2010 07:29 , Anonymous Rose disse...

Giba, ótimo seu recado e passei por uma situação que serve de lição p/ muita gente.
Fiquei um ano numa empresa em que a diretora e dona da mesma se tornou crente após ter uma vida bastante tumultuada digamos assim.
Essa pessoa me perseguiu o ano todo tentando me levar p/ sua religião e tentando me dizer p/ aceitar Jesus como meu único salvador, que eu era uma pessoa do mundo, segundo ela eu não merecia ser do mundo pois era uma pessoa especial, cheia de amor.
Conclusão: Aquelas palavras e atitudes, foram criando dentro de mim uma sensação tão chata, por mais que falasse p/ ela que Jesus sempre foi meu único salvador desde que nasci e que independente da minha religião o que importava era o respeito e o amor p/ com as pessoas, ela continuava, saí da empresa, pedi minhas contas, e hoje estou feliz, quando lembro dela até oro e peço a Deus misericórdia porque ela não sabe o que fala.
Obrigada pelo presente de poder dar uma participação no seu blog.
Grande abraço amigo Giba
E se queres saber minha religião : É O AMOR !

 
Às 22 de junho de 2010 07:36 , Blogger Josy Nunes disse...

Oi,
Giba,
amigo, concordo com tudo que disse é mesmo muito chato quando alguém tenta nos pregar a palavra quando não estamos na sintonia certa para ouvir. Acho que cada um, sabe o seu momento de orar e procurar Deus e alguns irmãos não sabem respeitar o momento de cada um..
Beijão no coração e fica com Deus

 
Às 22 de junho de 2010 12:21 , Blogger Giba disse...

Olá Rose,
Dentro de seu exemplo, no lugar de conseguir mais uma adepta, sua ex-patroa conseguiu mais uma pessoa que provavelmente vai evitar para o resto da vida, passar ao menos na calçada da igreja onde ela frequênta.
Muito obrigado por sua participação e carinho
Giba

 
Às 22 de junho de 2010 12:24 , Blogger Giba disse...

Josy, é exatamente o que diz este texto, vejo que também passou por situações chatas com este tipo de "Pregador".
Obrigado pelo carinho

 
Às 22 de junho de 2010 16:29 , Blogger Silvana Marmo disse...

Olá Giba,
Belo e lúcido texto, se todos privilegiassem a espiritualidade e valores de alteridade em detrimento da defesa extremada e proselitista dos pressupostos de suas próprias religiões, teríamos um mundo bem mais fraterno e menos intolerante.
Meu carinho

 
Às 22 de junho de 2010 16:52 , Anonymous Cecília disse...

Giba,eu conheço algumas pessoas que na ansia de pregar a Palavra se tornaram antipáticas e passaram a ser rejeitadas pelas demais pessoas.Como seu texto diz,"até água em excesso faz mal";acredito que muito mais que evangelizar por meio de palavras,as atitudes destas deveriam anunciar em que creem,pois as mesmas se preocupam em propagar o Evangelho,mas se esquecem de dar o bom exemplo.
Vale ressaltar que não estou generalizando,muitos não são assim.
Bjos

 
Às 22 de junho de 2010 19:35 , Anonymous Atena disse...

Giba:
Acho que os evangélicos fanáticos acreditam, todos, no ditado: "água mole em pedra dura, tanto bate até que fura." rsrsrs
Falando sério: a causa dessa chateação toda é a primeira perna do tripé sobre o qual postei - a ignorância.
Ah, e isso vai levar um bom tempo até desaparecer.
abçs
Atena

 
Às 23 de junho de 2010 13:00 , Blogger Jackie Freitas disse...

Olá Giba querido!
Estou atrasada...rs...mas aqui vai a minha opinião.
O que mais me incomoda não é a crença e nem as palavras daqueles que crêem. O me deixa realmente indignada é a hipocrisia da palavras quando não condizem com os atos e isso, infelizmente, é o que mais vemos. Pessoas que se dizem alimentadas pelo poder da "palavra", mas que apenas as jogam ao léu, porque se sentem na obrigação de "vender" uma imagem de sabedoria ou de pessoas melhores que as outras. São ignorantes quando agem com preconceitos, com ditaduras e imposições. A lavagem cerebral que tentam impor porque se acham melhores e mais certos do que as demais visões. Infelizmente a minha mãe caiu nessa rede ou arapuca. No seu momento de fraqueza e vulnerabilidade permitiu que as palavras mascaradas entrassem em sua mente e dominassem a sua pessoa. Se ao menos ela tivesse "crescido" e realmente aprendido algo, não ficaria triste, mas o que vejo hoje é uma pessoa mais amarga e o pior: mais perdida do que quando entrou para este rebanho... Eu acredito sim numa força suprema. Eu costumo chamá-lo de Deus porque assim fui ensinada e no final, até pelo livre arbítrio cada um dá o nome que quiser. Fui casada com um judeu e os judeus não reconhecem Jesus como santidade. Para eles Jesus nada mais foi do que um JUDEU, rabino, revolucionário, que constestava uma política que degradava o homem como espécie humana. Ele realmente discursava sobre Deus, porque todas as religiões se encontram nele. Tenho uma ala familiar de católicos fervorosos e nem preciso te dizer que nossos encontros (judeu-católicos)quase sempre acabavam em grandes discussões onde o respeito pela crença e opiniões acabava indo por terra. Depois agregamos uma ala evangélica e somamos com o meu lado "espírita"...Um dia, observando a minha família, entendi que ela era o melhor exemplo e resumo do que o mundo se tornou: pregadores insaciáveis e insanos que queriam apenas defender teses e não a união das diferenças. Estou louca ou não é esse o sentido de tudo: a união?
Grande beijo, meu irmão de fé!
Jackie

 
Às 24 de junho de 2010 01:14 , Blogger Bruh Bizzi disse...

Ola propronho parceria acc ? da uma passadinha no meu blog bjs

 
Às 17 de julho de 2010 11:12 , Anonymous Anônimo disse...

Olá amigo.
Concordo plenamente com suas palavras,porém você foi ( na minha opnião) infeliz ao escolher essa imagem ,pois ela causa repulsa só de se olhar.
É só um comentário .
Até mais.

 
Às 17 de julho de 2010 14:33 , Blogger Giba disse...

Meu amigo anônimmo, a intenção da escolha desta imagem, foi a de repulsa mesmo.
Em assuntos como este, se você não choca um pouco, você não consegue chamar a atenção de quem precisa.
E, em minha opinião, tem muitos pregadores que até mereceriam passar por situação semelhante, já que não respeitam um assunto tão sério como este.
Obrigado por sua opinião e sinta-se sempre bem vindo.
Um grande abraço
Giba

 

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial