This Page

has been moved to new address

Nada na vida pode destruir nossa alegria de viver

Sorry for inconvenience...

Redirection provided by Blogger to WordPress Migration Service
Giba Net: Nada na vida pode destruir nossa alegria de viver

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Nada na vida pode destruir nossa alegria de viver


Sucot é conhecido como Z'man Simchateinu, a Época de Nosso Júbilo.

Ao nascer, recebemos talentos. Nosso tamanho, nossas características físicas e nossos traços mentais básicos já estavam formados quando nascemos. A única coisa pela qual podemos reivindicar crédito é por tê-los desenvolvido. Se mais tarde nossos talentos forem retirados, ainda teremos valor. Temos valor exatamente porque existimos. Todo ser humano, do mais ignorante ao gênio mais notável, tem valor porque D’us nos deu a vida. Se certa vez tivemos talentos ou habilidades e agora não os temos mais, é irrelevante. Tudo que se exige de nós é que façamos o melhor possível.

Não há vencedores na vida. Somos todos perdedores. Nenhum médico jamais salvou um paciente por mais de 120 anos. Em última análise, todos perdemos. Nossa aptidão física declina, bem como nossas capacidades mentais, mas e daí? Toda idade tem sua beleza e suas alegrias. Podemos apreciar e amar a vida simplesmente porque estamos vivos.
Sucot nos ensina que há alegria na vida justamente porque estamos vivos e onde se encontra a fonte da verdadeira alegria: dentro de nós, na maneira pela qual encaramos nossa existência.

Nada na vida pode destruir nossa alegria de viver. Há um tempo certo para semear e outro tempo certo de colher. Cada idade tem suas alegrias e compensações, e há épocas para tudo. Apenas temos de enxergá-las e apreciá-las aproveitando cada momento, na hora certa. Lembremo-nos disso, e sejamos felizes !


(*) Este texto foi enviado por nossa amiga Rosangela Barreto (Rose), a quem agradeço a amizade e o carinho de sempre.

Marcadores:

8 Comentários:

Às 3 de dezembro de 2010 07:01 , Blogger Hugo Green disse...

Amigo Giba!
Concordo a tempo para tudo e não podemos deixar nada estragar nossa alegria de de viver. Seguir em frente é o melhor conselho para alguém não ficar triste e sempre se arriscando, nunca ficar se martirizando por momentos ruins a vida é só uma depende de nós ficarmos sentados ne uma poltrona vendo a vida passar ne uma depressão.

Ótimo texto gostei bastante!

Abraço.

 
Às 3 de dezembro de 2010 09:09 , Blogger você é especial disse...

perfeito este texto!
costumo dizer pra mim mesma ;tudo vem no tempo de Deus.
parabéns..

 
Às 3 de dezembro de 2010 10:13 , Blogger Jackie Freitas disse...

Olá Giba!
Parabéns à Rose por essa belíssima reflexão que está ligada ao espírito dessa época judaica! Tenho certeza que vivemos tudo ao tempo que precisamos e aprendemos conforme nossa necessidade. Alguns demoram mais, mas aprendem...de uma forma ou outra! O que não se pode é entregar os pontos e culpar a vida em si pela incapacidade de reconhecê-la grandiosa e valiosa.
Grande beijo,
Jackie

 
Às 3 de dezembro de 2010 10:15 , Anonymous Principe Encantado disse...

Tudo tem seu tempo certo, debaixo do sol.
Abraços forte

 
Às 3 de dezembro de 2010 19:53 , Blogger Fatima Zanin disse...

Muito lindo o texto e verdadeiro, tudo tem seu tempo,temos que viver bem, e aceitar o tempo, nunca esquecendo a parte espiritual que nos dará sempre força para aceitar a vida com seus altos e baixos.

 
Às 4 de dezembro de 2010 00:02 , Blogger Marivan disse...

Grande Giba,
bela reflexo, o texto mostra em suma que somos um milagre da vida,
valeu pela indicação,
gostei da mensagem,
abçs Marivan

 
Às 4 de dezembro de 2010 00:03 , Blogger Marivan disse...

Grande Giba,
bela reflexão, o texto mostra em suma que somos um milagre da vida,
valeu pela indicação,
gostei da mensagem,
abçs Marivan

 
Às 4 de dezembro de 2010 09:28 , Blogger Marketing$Negócios disse...

Que deus esteja sempre conosco, ele é tudo>
Um Abraço.
Geraldo Souza

 

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial