This Page

has been moved to new address

Caiu a Máscara, Senador !

Sorry for inconvenience...

Redirection provided by Blogger to WordPress Migration Service
Giba Net: Caiu a Máscara, Senador !

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Caiu a Máscara, Senador !


(*) Por: Lino Tavares
  
Considero a TV Senado e a TV Câmara um desperdício do dinheiro público, porque se aqueles que, como os nossos deputados e senadores, não justificam os altos salários e mordomias de que desfrutam, criando e aprovando em plenário projetos úteis à nação, não seria diante das câmeras que iriam transmitir esperança aos lares brasileiros, através de seus discursos pobres em conteúdo e cheios de apartes inócuos, que fazem lembrar aquelas "mesas redondas" insuportáveis da televisão empresarial, onde todos falam ao mesmo tempo sem chegar a lugar nenhum.

Mesmo assim, vez por outra, costumo assistir a esses dois canais da TV estatal, na esperança de ver, com uma boa dose de sorte, algum parlamentar série e lúcido - coisa rara no atual Congresso Nacional – pronunciando-se acerca de algo que se possa aproveitar. 
 
Com esse propósito, sintonizei a TV Senado dia 2 deste mês, quinta-feira, e confesso que senti náuseas ao ouvir o discurso inflamado e bem pronunciado - é justo reconhecer – de uma senador de cabelos brancos,
pontas bem desbastadas tapando as orelhas ao estilo "galã dos anos cinquenta", defendendo com a eloqüência dos velhos tribunos de antigamente o Governo do PT, com as mazelas que giram ao seu redor,
inclusive as denúncias contra Palocci, a quem classificou de homem sério e trabalhador, capaz de comprovar o "milagre da multiplicação dos pães" de que está sendo acusado.

Enalteceu a performance chocha da presidente Dilma nos seus primeiros meses de governo, como se o Brasil tivesse dado um salto gigantesco, a partir de 1º de janeiro deste ano, tornando realidade todas aquelas pseudo conquistas que o Lula alardeou ter alcançado nos seus oito penosos anos de mandato, pleno de trapalhadas e corrupção à solta. Mesmo não sendo um senador gaúcho, o entusiasmado orador falou
maravilhas acerca da passagem de Dilma como secretária de governo no Rio Grande do Sul.

É claro que, a priori, isso pode parecer coisa normal, até porque, como já deu para perceber, estou me reportando acerca de um senador do PT, que está lá para cumprir com o seu papel de representante do partido que governa (ou desgoverna – a escolha é sua – a nação). Só que o parlamentar a que me refiro, caro leitor, era nada mais e nada menos do que o senador Delcídio Amaral, do Mato Grosso do Sul. É isso
mesmo que você está pensando. 
 
Aquele que presidiu a CPI "chapa branca" do Mensalão, tido na época, por observadores políticos ingênuos, como um senador imparcial e disposto a conduzir com isenção e lisura a apuração daquelas graves denúncias, que num país sério teriam resultado em impeachment do presidente da República, com ou sem alegações de "eu não sabia", "eu não vi nada", "eu fui traído".

Delcídio deixou cair a máscara de político durão, capaz de cortar na própria carne à cata da verdade, ao afirmar que a dupla gestão Lula da Silva foi uma era de grandes conquistas, como se a roubalheira do "mensalão" não estivesse inserida naquele contexto vergonhoso , que cobriu de lama a mais alta magistratura da nação.
 

(*) Lino Tavares é jornalista diplomado, colunista na mídia gaúcha e catarinense, integrante da equipe de  comentaristas do Portal Terceiro Tempo da Rede Bandeirantes de Televisão, além de poeta e compositor.

Marcadores:

5 Comentários:

Às 3 de junho de 2011 13:14 , Blogger manoel disse...

Opinião cada um pode ter a sua, eu não sou jornalista nem comentarista de nada, sou só um trabalhador procurando cuidar bem da sua família e que já viveu sob vários governos nesse nosso Brasil, inclusive uma ditadura militar quase infindável e que sente que nesses últimos oito anos do governo Lula (PT) foram os mais tranqüilos para quem é só um trabalhador.
Ps. Com mensalão e tudo!

 
Às 3 de junho de 2011 16:47 , Anonymous Anônimo disse...

É por isso que o Brasil é tão atrasado. Quando alguém, como o seu Manoel, diz que viveu tranquilo durante o governo Lula, com Mensalão e tudo, ele está adotando a política do "Rouba, mas faz". Os eleitores do Maluf dizem a mesma coisa. Ou seja. Se me derem um prato de comida e um barraco para morar, podem roubar o resto do país, que eu não me incomodo. Que tristeza. Os militares que criaram Fundo de Garantia, Banco de Habitação, obras como Itaipu e ainda garantiam segurança à população, todos deixando o poder, sem aumentar o patrimônio como o gatuno Palocci, são considerados ditadores. Bom, para os incautos, é essa democracia falsa e mentirosa, infestada de ladrões no poder. Glória a Deus nas Alturas e paz na terra aos homens de boa vontade. Que, aliás, são poucos, e não aceitam a quadrilha que hoje está no poder.
Pastor Egídio. Cidadao feliz das Jovens Tardes de Domingo, cantada até hoje pelo Rei Roberto Carlos, referindo-se ao tempo do Governo Sério e progessitas, da contra-revolução anti-comunista de 1964.

 
Às 5 de junho de 2011 15:46 , Blogger manoel disse...

Como eu disse anteriormente, opinião cada um pode ter a sua, mas me desculpem, os eleitores do Maluf são os mesmos que votam em Serra, FHC e morrem de saudade da ditadura, alias, se não me engano foi lá que o Maluf nasceu.

 
Às 5 de junho de 2011 15:54 , Blogger Giba disse...

O brasileiro não sabe e também não quer aprender a votar.
Também não sabe e não quer aprender a defender seus direitos.
O Maluf, frente a esta corja do PT, não passa de um amador.
Um grande abraço
Giba

 
Às 7 de junho de 2011 20:01 , Anonymous Anônimo disse...

Que é isso, caro Manoel. Os eleitores do Maluf são os mesmos que votam no PT. Afinal, como a maioria desses, também são comprados com esmolas sociais. O Maluf nunca foi amigo da ditadura. Pelo contrário, se não fosse ele, rejeitado pelos militares e pelos arenistas, o velho babão Tancredo Neves não reria vencido aquela eleição indireta e a bosta de democracia que aí está talvez não tivesse decolado. Ou você é feliz com ela que lhe deu o Sarney, o Collor, o Lula Mensalão e a Dilma guerrilheria do mal ?
Patro Egídio, a Voz de Deus e não dess povo cego que troca o voto por esmolas e mentiras vindas do poder corrupto.

 

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial