This Page

has been moved to new address

O Fiesta e o Chester ®

Sorry for inconvenience...

Redirection provided by Blogger to WordPress Migration Service
Giba Net: O Fiesta e o Chester ®

quarta-feira, 26 de maio de 2010

O Fiesta e o Chester ®

Chester em granja da Perdigão
No início dos anos 80, surgiu no mercado uma ave com muito mais carnes nobres (peito e coxas). Registrado com a marca de Chester®, a Perdigão disponibilizou, então, uma alternativa ao peru. Não demorou muito a Sadia lançou um produto com as mesmas características, o Fiesta.
O Chester® surgiu através de melhoramentos genéticos feitos no Brasil a partir de matrizes escocesas. O Fiesta também veio da Escócia. Hoje, ambos fazem parte das festas de fim de ano.

Tanto o Fiesta como o Chester ® são aves, muito semelhantes ao frango, originados de cruzamentos de linhagens especiais com o objetivo de obter um produto que possui teores maiores de proteína e menores de gordura, além de concentrar 70% de sua carne no peito e coxas, em média o frango comum possui 45% nestas partes. O melhoramento genético possibilita que a partir de matrizes reprodutoras se obtenha um produto com características desejadas, é isso que estas aves são: ricas em carnes nobres e com peso ideal para o perfil dos consumidores brasileiros.

A Sadia oferece além do Fiesta inteiro, peito de Fiesta recheado com lingüiça e tender Fiesta, porém a Perdigão criou uma linha de mais de 20 produtos derivado de Chester®: embutidos, pizzas, lasanhas, almôndegas, além de variações de partes, como peito defumado ou cozido.
Para se ter uma idéia, na década de 30, o tempo médio de abate de um frango era de 105 dias e seu peso médio, 1,50 kg. Nos anos 70, passou a 56 dias e 1,70 kg e, nos anos 90, 45 dias e 2,25kg. O aumento da produção e do consumo de frango se devem as melhorias da sanidade, da nutrição e da evolução das técnicas genéticas, sendo o Chester® e o Fiesta exemplos disso.

Saiba mais:

www.chester.com.br

Marcadores: , ,

7 Comentários:

Às 26 de maio de 2010 22:20 , Blogger Cecília Avenca disse...

Muito legal teu artigo,pois nos explica direitinho a diferença entre eles.
Bjos

 
Às 26 de maio de 2010 22:33 , Blogger Massoterapeuta no rio de janeiro disse...

Meu caro Giba ,
duas considerações :
1) Afinal que ave é essa chamada de chester ou fiesta que ninguém sabe ao certo ?

2) O tempo de abate do frango vem caindo , não é por avanço , não devemos nos orgulhar disso . Na verdade isto constitui uma transgressão á natureza dos animais ,em nome da ganancia . Os frangos comerciais são submetidos a ração especial com antibioticos , ração para acelerar o crescimento e outras coisas mais .

abs.
Francisco

 
Às 26 de maio de 2010 22:38 , Blogger Giba disse...

Olá Francisco,
Tanto o Chester quanto o Fiesta foram praticamente desenvolvidos em laboratório.
Eu acredito que ambos tem uma carga de ormonios muito superior a dos frangos de granja, que como você citou, não trazem nada de saudável a nossa mesa.
E ainda vem mais por aí, é só aguardar.
Um grande abraço
Giba

 
Às 27 de maio de 2010 09:23 , Anonymous Rose disse...

Tanto um quanto o outro são saborosos pois já experimentei, mas há indícios que o consumo de frangos e aves desta espécie estão contribuindo com o aumento não só do colesterol, quanto de miomas femininos.

Mesmo assim, vou te passar uma receita bem gostosa de chester.
abraço Giba

 
Às 27 de maio de 2010 09:35 , Anonymous Rose disse...

CHESTER RECHEADO À PORTUGUESA

Ingredientes

01 Ave Chester® PERDIGÃO
02 copos de vinho branco (400 ml)
01 colher (sopa) de manteiga

Farofa Portuguesa

150 g de miúdos de Ave Chester®
400 g de Linguiça defumada tipo Portuguesa Perdigão
05 colheres (sopa) de óleo
03 cebolas picadas
04 xícaras (chá) de pão de forma picado
50 g de azeitonas verdes picadas
06 ovos cozidos picados
1 ½ colher (chá) de canela em pó
½ colher (chá) de noz-moscada em pó
01 xícara (chá) de cheiro verde picado
Para decorar:
Ovinhos de codornas e ninhos de cenoura ralada
Modo de Preparo

Descongele a ave conforme as instruções da embalagem, retire os miúdos e reserve-os.
Coloque-a em assadeira, recheie com parte da farofa portuguesa e feche com palitos ou costure com barbante.
Besunte a ave com a manteiga e regue-a com vinho. Cubra com papel-alumínio e Leve-a para assar em forno pré-aquecido à 200º C por aproximadamente 02 horas. Retire o papel-alumínio e deixe dourar por mais 30 minutos.

Modo de Preparo da Farofa Portuguesa

Corte a Linguiça defumada tipo Portuguesa em cubos e reserve.
Coloque em uma panela o óleo, os miúdos da ave picados e leve ao fogo para refogar. Acrescente a Linguiça defumada tipo Portuguesa e deixe fritar.
Junte as cebolas, o pão, as azeitonas, os ovos, a canela, a noz-moscada, o cheiro verde e misture bem.
Recheie a ave com um pouco da farofa e o restante sirva como acompanhamento.
Rendimento

De 6 a 8 Porções
Sua opinião sobre esta receita

 
Às 1 de junho de 2010 21:35 , Anonymous Rose disse...

Suas fotos do post sumiram, onde foram param os Chester e o Fiesta ?

 
Às 2 de junho de 2010 04:36 , Blogger Giba disse...

olá Rose, neste final de semana vou verificar o que aconteceu com as fotos e também vou publicar suas receitas.
muito obrigado por sua participação.
Giba

 

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial