This Page

has been moved to new address

Presidenta Dilma versus Usurpação Gay

Sorry for inconvenience...

Redirection provided by Blogger to WordPress Migration Service
Giba Net: Presidenta Dilma versus Usurpação Gay

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Presidenta Dilma versus Usurpação Gay

(*) Por: Ewerton Torreão

Carissima Presidenta Dilma Roussef... e a PLC 122 ?

Sou um indivíduo cristão, mas além disso, um cidadão brasileiro comum que compõe, teoricamente, esta democracia.

Porém, assim como mais de 1/3 dos brasileiros, tenho minha fé concentrada em Jesus: uma fé embasada na Bíblia, especialmente no novo testamento.

Desde criança ouço falar que sou privilegiado por nascer num país que não "persegue os cristãos fiéis"; um país que "garante até na constituição o direito de pensar, de seguir uma doutrina religiosa e de expressar os seus preceitos ético-morais sem discriminação".

Permita-me compartilhar que eu sempre tive orgulho da coragem dos missionários brasileiros que foram, e ainda são, martirizados em outros países: nações que infelizmente adotam uma "política medieval" em assuntos religiosos, penalizando até com "força de lei" os pobres missionários que apenas oferecem instrução bíblica pacificamente (a quem se interessar, sem constrangimentos).

O Brasil é uma fonte de homens de bem preocupados com a alma das pessoas e seu "destino eterno", detalhe que não diz respeito a um governo Laico.

Realmente estes missionários honram a nação há séculos, pois se dispõem a se sacrificar por um bem maior que sua própria vida: a "salvação eterna" de um estranho.

Confesso que nunca imaginei que o Brasil – um país predominantemente cristão- pudesse regredir na área dos direitos civis, muito menos na liberdade de manifestações culturais ou religiosas; como houve em parte na ditadura militar.

Porém, recentemente tem se levantado uma sutil e crescente "discriminação dos cristãos", que sugere este alvo.

Interessante que esta tem ocorrido paralelamente a uma luta por "supostos direitos de igualdade".

Refiro-me ao movimento GLBT tentando não só conseguir "igualdade de direitos civis", mas também "oprimir o direito dos cristãos" simplesmente porque acreditam em "pecado".

Que infantil!

Milhões de cristãos brasileiros têm ciência de que há "pecados" que são até contemplados pela lei: sendo considerados infração ou crime.

Assim como há "pecados" que não são contemplados pela lei, mas nem por isso se milita para que se tornem passíveis de pena, pois seria injusto.

O fato é que crer ou não em "pecado" é um direito individual, assim como não crer em nada.

Mas para o movimento GLBT não basta ter sua "opção sexual respeitada"; este tem a fútil ambição de retirar simultaneamente alguns direitos dos cidadãos cristãos, de forma que "pensar ou expressar" a crença nos "pecados sexuais" (descritos na bíblia: como fornicação, adultério, sodomia=homosexualismo, luxuria, lascívia... etc.) se torne crime. Que absurdo!

Eu tenho colegas, amigos e familiares com posturas homossexuais.

Jamais aceitaria que alguém tentasse agredi-los, demiti-los ou humilhá-los por causa desta opção.

Não se pode discriminar alguém por praticar quaisquer dos vários pecados existentes:

"Pecar" é um direito individual.

E cabe ao estado julgar atos que são ilícitos na nossa legislação e que coincidentemente possam ser reconhecidos também como "pecaminosos".

Entretanto, se dentro do conceito midiático de "crime de homofobia" for também incluído a "crença ou ensino" dos Bíblicos pecados sexuais; eu confessarei publicamente que sou um cidadão "homofóbico", tanto quanto centenas de milhões de cristãos que vivem neste planeta, tanto quanto o Deus da Bíblia, tanto quanto Jesus e seus apóstolos.

E garanto que muitos cristãos estão prontos para enfrentar uma "inquisição às avessas" se necessário, sem mentir sobre nossa fé para satisfazer a imaturidade do GLBT.

Certamente vou ensinar meu filho as doutrinas bíblicas, ainda que seja perseguido por isso. Mas mesmo a minha embasada orientação não garante que ele pensará igual a mim quando crescer.

Assim como um filho adotado por um casal homossexual não irá obrigatoriamente seguir a opção sexual dos pais; é notório que a grande maioria dos homossexuais tiveram uma educação voltada para a heterossexualidade.

Afinal, temos o direito de instruir nossos entes queridos da forma que achamos melhor; dando simultaneamente liberdade de guardarem o que julgam conveniente. É assim que a Bíblia ensina: "não é por força, nem por violência".

Simplesmente espero que senhora não compactue com a idéia criminosa do GLBT: de "retirar direitos de muitos para exaltar os dele".

Antes, oro para que a senhora reafirme a liberdade de pensamento e culto, que milhões de brasileiros se orgulham de desfrutar e que permitiu que esta nação crescesse bioéticamente.

Saudações.

E.T.F.M. (um simples médico de São Paulo)

(*) Ewerton Torreão é Médico Sanitarista

Obs: Será que alguém irá um dia propor um projeto de lei criminalizando a "Cristofobia", "Bibliofobia ou mesmo a "Pecadofilia"...

Marcadores:

4 Comentários:

Às 19 de maio de 2011 15:48 , Anonymous Rose disse...

A única coisa que o governo consegue aumentar é a taxa de mortalidade, de analfabetismo, de desemprego e de juros.
Essas leis aprovadas são mera desculpa de mudar o foco e criar polêmicas em relação ao assunto de disvirtuar a atenção.
Boa matéria
Abraço

 
Às 19 de maio de 2011 20:06 , Blogger José Massucatti Neto disse...

ENQUANTO SE PREOCUPAM TANTO EM FIRMAR SUA SEXUALIDADE, ATACANDO O PENSAMENTO LIVRE, ESSES "DEFENSORES DOS DIREITOS DAS MINORIAS" ESQUECEM-SE QUE ISSO DE CRIMINALIZAR A FÉ JÁ FOI POSTO EM PRÁTICA (ALEMANHA DA DECADA DE 40, UNIÃO SOVIETICA, CUBA ETC) E NÃO DEU CERTO, SEJA POR QUAL MOTIVO FOR, TODOS TEM O DIREITO DE EXPRESSAR, DE FORMA CIVILIZADA, MORAL E ETICAMENTE, SUAS CRENÇAS. SOU TOTALMENTE ATEU, MAS DENTRO DAS CRENÇAS JUDAICOS-CRISTÃS A HOMOSSEXUALIDADE É SIM PECADO E ABOMINAÇÃO, E EXPOR ISSO COMO PRINCIPIO E MÁXIMA RELIGIOSA NÃO É CRIME. SERIA O MESMO QUE PRENDER JUDEUS PORQUE NÃO COMEM CARNE DE PORCO, E EU ADORO, ELES CRÊEM EM ALGO E DEVEM PROPAGAR SUA FÉ (SEM PÓRTANTO ATACAR A OUTRAS OU OUTROS). A EXPÓSIÇÃO FEITA PELO EMINENTE DOUTOR FOI UMA DAS MELHORES, PARABENIZO SUA POSTURA, POUCAS VEZES LI, NESSE OU EM OUTROS ESPAÇO UMA COLOCAÇÃO DE IDÉIAS TÃO CENTRADA E DESPROVIDA DE TEOR EMOCIONAL. MAIS UMA VEZ, PARABÉNS

 
Às 20 de maio de 2011 01:26 , Anonymous Guilherme Freitas disse...

Ewerton Torreão, antes das "leis de Deus", há uma Constituição e leis do seu país. Aprenda a separar religião de política. Abraços.

 
Às 26 de junho de 2011 20:48 , Anonymous Anônimo disse...

Graças a Deus a presidenta Dilma já mandou devidamente o contemporâneo KITGAY para o lixo. Esperamos que o próximo pretenso kit seja realmente "anti-homofobia" e não "pró-homofilia", senão que ela faça o mesmo novamente. O desafio de coerência agora é esperar que ela se posicione contra este abusivo projeto de lei (PLC122), ainda mais criminoso, mandando também para o esgoto de onde veio.

 

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial