This Page

has been moved to new address

Alckmin Lança Programa Nossa Guarapiranga Para Recuperar a Represa

Sorry for inconvenience...

Redirection provided by Blogger to WordPress Migration Service
Giba Net: Alckmin Lança Programa Nossa Guarapiranga Para Recuperar a Represa

sábado, 11 de junho de 2011

Alckmin Lança Programa Nossa Guarapiranga Para Recuperar a Represa


Iniciativa prevê retirada de lixo com o uso de barreiras e barcos e reflorestamento das margens da represa, que abastece 3,5 milhões na Região Metropolitana de São Paulo

O governador Geraldo Alckmin, o secretário de Saneamento e Recursos Hídricos, Edson Giriboni, e a diretora-presidente da Sabesp, Dilma Pena, lançaram nesta terça-feira, 7, o Programa Nossa Guarapiranga. A iniciativa contempla a retirada do lixo que chega à represa pelos córregos e que já está acumulado em parte de seu fundo, além do plantio de mudas em ilhas próximas e às margens da Guarapiranga.
Melhorar a qualidade ambiental da represa e garantir as condições para o lazer e para a prática de esportes náuticos na Guarapiranga são os objetivos da iniciativa. O investimento será de cerca de R$ 14,6 milhões. O sistema Guarapiranga abastece cerca de 3,5 milhões de pessoas da região sudoeste da capital e de Taboão da Serra.

"Além das obras da Sabesp de despoluição - o programa Tietê 3, que é coleta e tratamento de esgotos - nós estamos desenvolvendo um segundo programa. O Nossa Guarapiranga é para tirar lixo da represa, dos 33 km quadrados de espelho d´água e as macrófitas", anunciou o governador.

O projeto é dividido em três ações. Serão instaladas ecobarreiras nos pontos em que 11 córregos deságuam na represa. Esses equipamentos, compostos por bóias e uma tela submersa, vão conter o material flutuante, que será diariamente removido por barcos. O lixo recolhido será levado para um aterro sanitário.

Será adquirida uma embarcação para remover o lixo que está acumulado no fundo da represa. Esse barco terá capacidade de retirar material que esteja a até 6 metros de profundidade.

Fonte: SABESP

Outra frente do programa é o reflorestamento e paisagismo dos arredores. Já estão sendo plantadas mil mudas nativas em ilhas e às margens da represa. Além de melhorar o visual da Guarapiranga, essa iniciativa evita a erosão no manancial.

O Programa Nossa Guarapiranga promoverá, ainda, o controle das macrófitas (plantas aquáticas). Essas plantas prejudicam o lazer e os esportes náuticos, chegando a impedir a passagem das embarcações. Na Guarapiranga existem 82 tipos diferentes de macrófitas catalogadas. Um outro barco será desenvolvido e construído pela Unesp para retirar essas plantas da represa.

O Nossa Guarapiranga faz parte de uma série de iniciativas do Governo de São Paulo, em parceria com prefeituras e a sociedade, para melhorar as condições da represa e garantir a qualidade da água fornecida à Região Metropolitana. Entre elas se destacam o Projeto Tietê, que amplia a coleta e tratamento de esgoto em toda a Grande São Paulo; o Córrego Limpo, que já despoluiu seis cursos d'água na região da Guarapiranga com o encaminhamento do esgoto para tratamento; o Vida Nova/Mananciais, que recupera o entorno das represas que abastecem a região; o Orla Guarapiranga, que cria parques e praças às margens do reservatório, criando áreas de lazer e impedindo a ocupação irregular; e a criação de parques ao longo de todo o trajeto do Rodoanel Sul.

É importante salientar que é responsabilidade de todo cidadão contribuir para a redução de lixo. O lixo que chega aos córregos e posteriormente à represa vem das ruas. Ao jogar o papel, o plástico ou a bituca de cigarro na rua, esse material é arrastado pela água da chuva para as galerias de águas pluvias, que deságuam nos córregos. Consequentemente, essa sujeira vai parar na represa.

Marcadores:

0 Comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial