This Page

has been moved to new address

Battisti e Bin Laden

Sorry for inconvenience...

Redirection provided by Blogger to WordPress Migration Service
Giba Net: Battisti e Bin Laden

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Battisti e Bin Laden

(*) Por: Lino Tavares

Confesso que fico chocado quando leio o depoimento de pessoas, na mídia e na Internet, afirmando, de forma infeliz e sem o menor conhecimento de causa, que o terrorista italiano Cesar Battisti, beneficiado pelo beneplácito da impunidade, que virou moda neste país, é uma vítima do capitalismo dominante, sendo condenado sem provas por suas lutas em prol de uma sociedade mais justa.

Tenho amigos e parentes próximos naturais e originários da Itália, que, muitos anos antes desse assassino ter ingressado em território brasileiro com passaporte falso, faziam alusão a Batistti, falando dos crimes que praticou naquele país, em razão dos quais famílias ainda choram a perda de sua vítmas inocentes.
 
Desculpem minha franqueza, mas quem defende um cara como esse é bem capaz de afirmar que Osama Bin Laden foi uma vítima da sociedade capitalista, estando por isso coberto de razão por haver se vingado de todos, mandando seus agentes do mal derrubarem as Torres gêmeas de Nova York, sem dó nem piedade de quem nelas estivesse, ganhando o pão de cada dia ou fazendo compras com o dinheiro ganho com o suor do seu trabalho.

Ainda que Cesare Battisti fosse inocente acerca das acusações pelas quais foi condenado, outro tratamento não mereceria, ao entrar no Brasil com passaporte falso, a não ser a expulsão do país, haja vista que isso, por si só, já configura ilícito penal suficiente para que não se mantenha em território pátrio aquele que burlou a fiscalização migratória brasileira, pela utilização criminosa da falsidade ideógica e/ou do estelionato.
 
 (*) Lino Tavares é jornalista diplomado, colunista na mídia gaúcha e catarinense, integrante da equipe de comentaristas do Portal Terceiro Tempo da Rede Bandeirantes de Televisão, além de poeta e compositor.
 

Marcadores:

1 Comentários:

Às 18 de junho de 2011 22:55 , Anonymous Guilherme Freitas disse...

Battisti deveria ter sido enviado de volta a Itália. O Brasil, ou melhor Lula, o quis aqui por razões ideológicas. Lamentável. Abraços.

 

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial