This Page

has been moved to new address

Cada Vez Pior...

Sorry for inconvenience...

Redirection provided by Blogger to WordPress Migration Service
Giba Net: Cada Vez Pior...

domingo, 5 de junho de 2011

Cada Vez Pior...



Fui educado em uma época em que a escola pública era a melhor instituição de ensino do país.

Nesta época também tinhamos a sensação de segurança, pois até as festas que faziamos, aniversários, casamentos, festas juninas, entre outras, eram realizadas em casa, com os portões abertos.

Ficavamos conversando na calçada ou na praça até tarde da noite, sem nos preocuparmos com assaltos, balas perdidas e outros atos de vandalismo.

Os muros eram pintados e ficavam assim até o próprio tempo se encarregar de apontar a hora da repintura, pois naquela época não tinhamos tantos grupos de imbecís pichadores, que estragam todo o trabalho de pintura, apenas pelo prazer de destruir e enfeiar o patrimonio alheio.

Naquela época, tinhamos respeito por nossos pais, por nossos professores e por todas as pessoas mais velhas.

Nossa diversão era na grande maioria das vezes saudável, muito diferente dos dias atuais.

Hoje, não temos mais a qualidade de ensino nas escolas públicas, não temos mais o respeito dos jovens por seus professores, por seus pais e pelos bens alheios.

Não temos mais segurança para fazermos nossas reuniões na praça, aliás, não temos mais segurança nem dentro de nossas casas.

Aqueles em que deveriamos confiar nossa segurança, são os que nos roubam mais descaradamente.

Os políticos acabaram por transformar as bancadas dos partidos em verdadeiras quadrilhas de assaltantes e defensores, apenas de seus próprios interesses.

Não sei onde é que vamos parar, mas não tenho esperanças de melhoria a curto prazo, aliás, creio que a situação vai piorar muito, com uma população cada vez mais alienada e acuada.

Se as leis fossem realmente cumpridas, no congresso nacional e nos ministérios públicos, teriamos apenas uma dúzia de pessoas trabalhando lá, pois todo o restante estariam presos por corrupção, fraude, furto, evasão de divissas públicas, tráfico de influencia, abuso de poder, improbidade administrativa, enriquecimento ilícito e uma infinidade de outros crimes.

Tenho visto a retomada das discussões sobre a ditadura militar brasileira e os abusos cometidos durante o regime, mas não tenho visto as pessoas que levantam estas discussões, levantarem os abusos cometidos por ditaduras comunistas como as de Cuba, Albânia, União Soviética entre outras tantas e a destruição destes países, tanto economicamente quanto culturalmente.

Quantas pessoas foram mortas em Cuba, por serem antirevolucionários? Quantas pessoas tem até hoje, sua liberdade ceifada pelo regime de Fidel?

Enquanto que aqui no Brasil, na realidade, tinhamos uma ditamole, pois os brasileiros podiam viajar por todo o país e até para fora, tinham o direito a propriedade e garantias trabalhistas, muito diferente do que viamos em países comunistas.

Agora temos a tão sonhada democracia plena e o que temos visto com ela é o sucateamento da saúde, da educação, da segurança e a enaltação da esmola institucionalizada.

Ou seja, ao invéz de se preocupar em educar a população para que esta tenha melhores condições, compra-se votos com bolsas esmola e mantén-se todos amarrados aos péssimos serviços prestados por instituições decadentes e sem investimentos dignos.

Parafraseando Manuel Bandeira, Eu vou me embora para Pasárgada.

Um grande abraço

Giba

Marcadores:

6 Comentários:

Às 5 de junho de 2011 18:47 , Blogger Blog imóveis Fátima Zanin. disse...

Parabéns pelo artigo.

 
Às 5 de junho de 2011 19:38 , Blogger Dú Pirollo disse...

Olá meu caro amigo Giba!!!
É verdade meu amigo, as pessoas estão cada vez mais frias e materialistas, a individualidade toma conta dos seres humanos, as virtudes caíram em desuso e o amor ao próximo tem cada vez menos importância... o conhecimento e crescimento é usado apenas para o materialismo.
Parabéns pela excelente matéria!!!
Grande abraço e muita paz!!!

 
Às 5 de junho de 2011 23:59 , Blogger H disse...

Giba, muito interessante teus pontos de vista.
Todavía, discordo no tocante à ditadura no Brasil. Houve, inegavelmente muito abuso contra a nossos conterrâneos. Só pode testemunhar esse período negro da nossa história quem teve um ente querido desaparecido, sem saber se estava vivo ou morto.
Particularmente, penso que o grande problema das ditaturas começa exatamente aí: retirar do ser humano o seu direito mais básico de expressar o que sente, tentar por numa coleira sua arte, seus anseios e seus sonhos. Nenhuma ditatura perdura justamente por isso.
O que eu penso que está faltando para nós, brasileiros, eu diría que nós como povo nunca tivemos é um sentido coletivo de defender seus direitos. Nossos direitos básicos estão sendo usurpados desde a chegada dos colonizadores europeus e perdura até hoje. A casta que manobra nosso povo é vil. Vejo sair Antonio Carlos Magalhães, entrar seu filho Luis Eduardo Magalhães e agora seu neto ACM Neto. Vejo sair Tancredo Neves e entrar Aécio Neves. Vejo José Sarney e entrar Roseana Sarney. Essa teta está muito boa e os verdadeiros abutres não a querem deixar de forma alguma. Por que será? Será que esses aí estão achando a coisa ruim? Sou levado a pensar que não.
Como descreveu bem o escritor George Orwell em sua fábula política A Revolução dos Bichos (Animal Farm), é uma questão de tempo para o homem deixar aflorar o que há de mais íntimo em sí. Para que isso não aconteça, é necessário que estejamos vigilantes e atentos a cada passo dessa nossa estrada. Muito sucesso para Gibanet!!!
Heitor

 
Às 6 de junho de 2011 00:10 , Blogger Giba disse...

Heitor, tem uma expressão do escritor George Orwell no livro Arevolução dos bichos, que nunca me saiu da cabeça, onde ele diz:"Todos são iguais, porém, há uns mais iguais que os outros", e é nesa questão que está meu pensamento, pois não há socialismo que não vire totalitarismo e não há democracia que sirva o povo se este não estiver preperado para cobrar de seus líderes o que realmente precisa para se viver com dignidade.
Muito obrigado por seu comentário, sinta-se sempre muito bem vindo.
Um grande abraço,
Giba

 
Às 6 de junho de 2011 13:10 , Blogger Lino Tavares disse...

Seu depoimento, caro Giba, sintetiza o que milhões de braseleiros - esclarecidos e bem intencionados, é óbvio - trazem guardado na memória e gostariam de dizer, não o fazendo por falta de espaço na mídia ou por medo de retaliações por parte da máfia tupiniquim que está no poder, capaz de lhe causar algum mal no emprego ou até mesmo na vida familiar, já que traz na índole a vocação bandida dos tempos da guerrilha comunsita. Realmente o Brasil de hoje, para quem vivenciou o de ontem, está irreconhecível. Parece que os presos de alta periculosidade fugiram todos das penitenciárias, assumiram o poder e trancafiaram lá todos nós, os cidadão de bem que trabalham, pagam impostos, votam mesmo sem ter em quem votar e não raro morrem assassinados por falta de segurança.
Pesssoas menos atentas sempre repetem que, no tempo do Regime de Exceção - impropriamente chamado de "Regime Militar" ou de "Ditadura Militrar" - havia abusos, com mortes e desaparecimentos de pessoas. E depois da "redemocratizaçao", isso deixou de existir ? Alguém saberia me responder, por exempo, quem matou o prefeito de Santo André ? Será que nos porões das delegacias ninguém mais sofre tortura nos dias atuais ? No submundo do tráfico, não desaparecem pessoas inocentes, cujas mães choram todo dia suas perdas, sem saber a quem apelar, já que o tráfico tem fortes ligações com os poderes constituídos, através de parcerias inconfessáveis nas chamadas ajudas de campanha eleitoral ? Pergunta final: será que todos os que sofreram no tempo do Regime de Exceção eram emsmo anjinhos e queriam o bem do Brasil. Santa ingenuidade !
Parabéns. Esse artigo é a voz do povo do bem.

jornalista Lino Tavares

 
Às 6 de junho de 2011 13:41 , Blogger Giba disse...

Lino,
Você completou com muita competencia minha visão a respeito deste assunto.
Obrigado por seu comentário e por compartilhar sua visão, sempre sóbria e direta.
Um grande abraço
Giba

 

Postar um comentário

Seu comentário é muito bem vindo

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial